Tecnologia
Musicas
Games
Games da Semana
. .
Fale conosco
Home
Downloads
Novidades
Games online
As + Pedidas
do Mês
Radio Exclusiva
Parceria

TecnoInfo NET


27/10 Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto

Gráficos de funções do kernel do sistema operacional livres de erros. Cada ponto
representa uma função escrita em linguagem C. As conexões representam as chamadas
entre as diversas funções.

Inovação radical em software

Programas de computador representam o melhor exemplo de um produto que usufrui de
inovações tecnológicas contínuas - daquelas que não chamam muito a atenção e
geralmente não viram manchete, mas que estão melhorando continuamente os
aplicativos, incorporando novas funcionalidades e atendendo às novas
necessidades dos usuários.

Mas será que é possível que os programas de computador experimentem também
inovações tecnológicas disruptivas - daquelas radicais, que viram manchete e mudam o
caminho de uma determinada área?

Certamente que sim. A criação dos protocolos de comunicação que viabilizaram a
Internet, sistemas operacionais com interfaces gráficas, o primeiro navegador de páginas
web, protocolos da computação distribuída, todos são exemplos que
tecnologias que mudaram o rumo da informática.

Software 100% livre de erros

É muito possível que estejamos agora frente a mais uma inovação nessa categoria de
revolucionária na área de software.

Pesquisadores australianos relataram que, pela primeira vez, conseguiram provar com
rigor matemático que o núcleo principal de um sistema operacional -
tecnicamente conhecido como kernel - está 100% livre de erros de programação (bugs).
Isto significa que a parte principal do sistema operacional não estará sujeito a falhas,
travamentos e nem a ataques que explorem falhas de segurança, que simplesmente
não existem.

Mundo completamente novo

O avanço deverá ter implicações diretas no funcionamento e na segurança de
computadores que controlam equipamentos que devem apresentar altíssima
confiabilidade, como aparelhagens médicas de exames e cirurgias robotizadas, sistemas
aeroespaciais e servidores de informática de missão crítica.

"Eu acredito que não é um exagero afirmar que nosso sistema abre um mundo
completamente novo no que diz respeito à construção de novos sistemas altamente
confiáveis e seguros," diz o Dr. Gernot Heiser, que coordenou a equipe que desenvolveu
a nova técnica nos laboratórios da Universidade Nova Gales do Sul,
na Austrália.

Não se trata apenas de uma verificação intensiva do código contra erros específicos.
O sistema de verificação garante que o kernel atende inteiramente a toda a
sua especificação, não se desviando dela em todos os aspectos, incluindo
a funcionalidade e a segurança.

Software livre de erros

Uma regra no mundo do software - não-científica, mas largamente citada - é que há 10
bugs para cada mil linhas de código de um programa. Programas mais maduros e
mantidos por grandes equipes certamente têm menos, mas nenhum engenheiro ou
programador em bom juízo se arriscaria a dizer que seu sistema é 100% livre
de erros.

Isto mostra o significado do feito alcançado pelos pesquisadores australianos,
comprovando matematicamente a correção de um kernel desenvolvido em
linguagem C por uma equipe de seis pessoas ao longo de seis anos.

Esta é a primeira vez que se demonstra de forma conclusiva que é possível construir
programas de computador totalmente livres de erros.

A correção do programa também significa que ele está imune a todos os tipos mais
comuns de ataques, como os chamados buffer overflows, um forma de ataque na
qual os hackers tomam controle dos programas injetando pequenas
porções de código malicioso.

Sistema operacional embarcado

O usuário de computadores tradicionais deverá esperar um pouco antes de poder
usufruir do acréscimo de segurança e confiabilidade oferecido por um sistema
operacional livre de erros.

O kernel 100% correto pertence a um sistema operacional do tipo embarcado
(embedded system), que roda em computadores dedicados a tarefas específicas -
seu nome é Secure Embedded L4 (seL4).

A nova técnica de verificação, contudo, poderá ser utilizada no desenvolvimento de
qualquer outro programa, seja um sistema operacional ou outro aplicativo qualquer.





26/10 || Apple atualiza toda a sua linha de desktops domésticos
com novos iMacs e Macs mini


Como previsto, Apple anunciou hoje updates para as suas linhas de iMacs e Macs mini,
com um modelo mais acessível de iMac de 24 polegadas e um Mac mini com
gráficos integrados mais poderosos — pudera, ele não era atualizado desde agosto de 2007!
Um novo iMac de 24? será oferecido pelo mesmo preço do anterior de 20? — US$1.500 —,
trazendo um monitor 30% maior, duas vezes a RAM e o dobro de armazenamento interno.

Proporcionando uma performance gráfica cinco vezes melhor, o novo Mac mini traz agora
os mesmos gráficos integrados NVIDIA GeForce 9400M da família de MacBooks unibody.

Trata-se do desktop com melhor eficiência de energia da Apple, usando menos
de 13W de força quando em espera.



Novo iMac

A linha de novos iMacs começa com um modelo de 20? por US$1.200,
trazendo um processador Intel Core 2 Duo de 2,66GHz, 2GB de memória
DDR 1.066MHz, disco rígido Serial ATA de 320GB e
gráficos integrados NVIDIA GeForce 9400M.


O iMac de 24?, com uma resolução de 1920×1200 pixels, pode vir com um
processador Intel Core 2 Duo de 3,06GHz, 4GB de memória DDR3 1.066MHz,
disco rígido Serial ATA de 640GB ou 1TB e uma variedade de tecnologias gráficas,
desde a NVIDIA GeForce 9400M até gráficos dedicados NVIDIA GeForce GT 130
ou ATI Radeon HD 4850 (aê! De volta!!) para a melhor performance possível.
Todos os iMacs possuem um display brilhoso (glossy) com câmera iSight embutida,
microfone e alto-falantes num design de vidro bem fino, acabado em alumínio.
A nova geração também traz um conector Mini DisplayPort para conexão com os
novos LED Cinema Displays de 24?, AirPort Extreme 802.11n embutido,
Bluetooth 2.1+EDR, Gigabit Ethernet, um total de seis portas USB 2.0
(incluindo duas no Apple Keyboard) e uma porta FireWire 800.

Novo Mac mini

Disponível a partir de US$600, o novo Mac mini mede 16,5×16,5×5 centímetros
e estará disponível em dois modelos, um deles com processador Intel Core 2 Duo de 2GHz,
até 4GB de memória DDR 1.066MHz, disco rígido Serial ATA de até 320GB,
cinco portas USB 2.0 (confirmado!), uma FireWire 800 e um SuperDrive.


Com seus novos gráficos integrados NVIDIA GeForce 9400M e conexões Mini DisplayPort ou
DVI, o Mac mini pode agora trabalhar com dois monitores da Apple ou de terceiros simultaneamente.

Preocupação ambiental

Dando sequência ao comprometimento da Apple com o meio ambiente, ambos
os novos iMacs e Macs mini estendem a sua liderança em design “verde”.

As máquinas atendem a todos os requerimentos Energy Star 4.0 com folga e já
pioneirizam a adoção dos novos padrões Energy Star 5.0, que passarão a valer ainda este ano.

Os novos desktops utilizam componentes internos livres de PVC e cabos que não
contêm retardantes de chama brominados, ambos com sistemas que fazem um uso
eficiente de materiais e com designs de embalagens que utilizam materiais altamente recicláveis.

Os iMacs e Macs mini se juntam à nova família de
MacBooks unibody,ambos conquistando o estado EPEAT Gold.


Confira abaixo mais uma novidade da APLLE


25/10 || Magic Mouse, a Apple reinventa o mouse

Conhecida por inventar o mouse (ou pelo menos tornar ele popular) depois por inventar
o click wheel e em seguida popularizar o touch screen, a Apple aparece com um novo design
de mouse muito arrojado e elegante, mas funcional ai veremos a seguir.

Logo após decidir alterar o nome do nome de “Mighty Mouse” para “Magic Mouse”, foi
apresentado ao público hoje este novo modelo que é bem diferente na hora de manusear,
ao invés da bolinha, ele tem uma superficie sensível ao toque que será utilizada em comandos como o scroll.

Ele se conecta com o Mac através de bluetooth, e funciona com 2 pilhas AA
que podem durar por até 4 meses (bem econômico), seu preço pode chegar até 69 dólares
e será comercializado a partir do final do mês de outubro.

24/10 || YouTube vai te dar dinheiro com o um click!

Bom, não exatamente todo mundo. Mas aqueles que tenham publicado
algum vídeo no site e que mais cedo ou mais tarde se espalhou pela internet como
fogo em posto de gasolina terão grandes chances.

Donos desses vídeos
virais poderão, a partir de hoje, optar por participar mais facilmente do programa
de parceiros do YouTube e ganhar uma parte da receita gerada através dos seus filmetes.

Sejam eles de crianças dopadas com gás anestésico ou da entrada dançante de um casamento.

A boa notícia é dada por Shenaz Zack, gerente de produtos, no blog de parceiros e negócios do You tube.

Segundo ele, quando um certo vídeo atingir um número considerável de
visualizações (Zack não revela qual o número exato), o site irá convidar o usuário que
fez o upload a participar do programa de parceria.

Ele só precisa apertar o botão “Enable revenue sharing”
(ativar compartilhamento de receita, em tradução livre) no vídeo específico e
ter uma conta no Google Adsense para poder ser pago mensalmente.

O resto dos mortais (como eu) que quiserem se arriscar a entrar na parceria
através da página usual, mesmo sem ter publicado um vídeo que tenha rendido
milhares de visitas, podem receber uma mensagem dizendo
que “sua conta provavelmente não irá se qualificar para o Programa de Parceiros do YouTube”.

Um site dizendo que você não tem muita relevância na meritocracia informal
da internet é um golpe certeiro no ego de (quase) qualquer um.

23/10 || gCubick – Cubo 3D que reproduz imagem na
“palma das mãos”

Nesta semana, o Instituto Nacional de Tecnologias de Informação e de
Comunicação do Japão, apresentou na feira japonesa Ceatec a tecnologia 3D
do gCubik. Seu protótipo está sendo apresentado desde o ano passado.

O gCubick, apresenta sua superfície texturizada e é capaz de reproduzir
imagem, aparentando que a imagem está realmente dentro da caixa. A
curiosidade dele é que diferente de outros, ele não tem somente uma face, e
sim 3 apresentando a imagem de diferentes ângulos.

Como a pesquisa está em andamento, ele está apresentando a imagem com
baixa qualidade, mas podemos esperar um grande desenvolvimento do
produto.

22/10 || Playstation 4 revelado Será?

Depois do sucesso de videogames como Nintendo Wii, Xbox360 e Playstation 3, eufóricos, os
fabricantes já fazem projetos para os seus sucessores. Embora a Sony não se pronuncie
oficialmente, circulou na internet essa semana projetos da empresa para o desenvolvimento do
Playstation 4.

A mudança principal seria no seu visual externo (veja as fotos), que teria um painel de vidro
transparente com comandos touch screen na tela. Outras mudanças seriam no seu hardware que
poderá exibir imagens 3D (veja o vídeo) e no seu processador mais rápido e econômico.

A Microsoft e a Nintendo também estão no projeto inical de seus consoles. No caso da Microsoft o
nome sugerido seria o Xbox 720 (veja nas duas últimas fotos da galeria abaixo), já o da
Nintendo seria o Wii 2.

O Playstation 4 deve ser anunciado no final de 2010, mas com tanta especulação em torno dos
novos consoles, o que vocês esperam deles?




21/10 || Wii preto chega a 20 de Novembro à Europa

O Wii de cor preta vai estar à venda nas lojas européias a partir do próximo dia 20 de
Novembro, e chega com uma edição limitada que inclui um comando, o Wii MotionPlus e o
Nunchuck (todos eles em preto), para além do novo jogo Wii Sports Resort e o original
Wii Sports.

Para além disso vai também chegar à Europa o novo comando clássico Pro, uma versão
melhorada do comando clássico, também em preto. Também a partir do dia 20 de Novembro
vão estar à venda os acessórios da Wii em cor preta, tais como o comando Wii e o Nunchuck.

O Wii Sports Resort, que vem no pack em conjunto com o novo Wii preto, já vendeu mais de
um milhão de cópias na Europa e leva-nos até a uma ilha paradisíaca onde podemos
praticar 12 novos esportes e atividades, sem abandonar a comodidade do lar
junto à família e amigos. Cada um dos esportes que estão no Wii Sports Resort estão
fielmente representados com uma incrível precisão graças ao Wii MotionPlus.

Se já estão fartos da cor branca e se acham que o console em preto fica mais bonito, têm uma
boa oportunidade para comprá-la no próximo dia 20 de Novembro






20/10 || Need for Speed: Nitro Ganha Data de Lançamento

A Electronic Arts confirmou ontem a data de lançamento do novo jogo da série Need for
Speed, com o subtítulo Nitro, para os consoles da Nintendo.

A EA garantiu que o jogo que vai ser lançado no dia 6 de Novembro, vai contar com os
ingredientes característicos da série em consonância com a filosofia da Nintendo em querer
proximidade e facilidade de controles, para oferecer um título de carros divertido.

A companhia aproveitou para publicar também a variada lista de músicas que vão estar
disponíveis ao longo do jogo.

Alex Metric - What Now
Bloody Beetroots feat. Cool Kids - Awesome
Crookers feat. Wiley and Thomas Jules - Business Man
Crystal Method feat. LMFAO - Sine Language
Danko Jones - Code Of The Road
Dizzee Rascal and Armand Van Helden - Bonkers
Drumagick -Easy Boom
Earl Greyhound - Oye Vaya
Evil 9 feat. El-P - All The Cash (Alex Metric Remix)
Hollywood Holt - Swerve n Lean (Dirty)
k-os - FUN!
Lady Sovereign – I Got You Dancing
Major Lazer - Hold the line
Matt & Kim - Daylight (Troublemaker Remix)
Pint Shot Riot - Not Thinking Straight
Placebo - Breathe Under Water
Rise Against - Kotov Syndrome
Roots Manuva - Buff Nuff
Rye Rye - Hardcore Girls
Street Sweeper Social Club - Fight! Smash! Win!
Taking Back Sunday – Lonely Lonely
The Enemy - No Time For Tears
The Gay Blades - O Shot (Dmerit Remix)
Two Fingers feat. Sway - Jewels And Gems




19/10 || GRAVADOR PORTÁTIL EM ALTA RESOLUÇÃO

Acaba de ser lançado o Zoom Q3 Video Recorder, um gravador portátil de vídeos que tem um
grande diferencial: possui uma ótima captura do som ambiente.

O aparelho vem com um super microfone com dois condensadores de alta precisão que
permitem a captura de sons em uma qualidade absurdamente alta, e que vai fazer seu vídeo
ganhar uma nova vida.

Além de tudo, os processos de transferência, conversão, edição e compartilhamento do vídeo
gerado é muito simples, ideal para quem trabalha com vídeos curtos e que devem ser
disponibilizados rapidamente em serviços como YouTube e Facebook.

O Zoom Q3 Video Recorder já pode ser comprado no site da Amazon, por US$249.

18/10 || 2 MÊS DO SITE TECNOINFONET

COMEMORAMOS HOJE 2 MESES DO NOSSO SITE

WWW.TECNOINFONET.XPG.COM.BR ....

AGRADECEMOS A TODOS, POR ACESSAR ...
E PRINCIPALMENTE PELA DIVUGAÇÃO....

NÃO ESQUEÇAM DE DIVULGAR

17/10 || Banda larga agora é lei! (Mas não no Brasil...)

O governo finlandês aprovou uma lei muito interessante, garantindo a cada cidadão uma conexão
de 1 MB a partir de julho de 2010, informou o Ministério de Transportes e Comunicações do país.

A Finlândia se torna então o primeiro país com uma lei a garantir internet, e ainda banda larga, do
mundo.

Se já não fosse um sonho, o governo finlandês tem uma meta em elevar a velocidade legal para
100 MB até o final de 2015, com variações apenas para redes de celular. A Finlândia é o país sede
da Nokia, o que me faz pensar se esta lei tem um dedinho da Nokia.

No Brasil a internet está (MUITO) longe de ser um direito, mas bem que as promessas da Marta
Suplicy na campanha da candidatura à prefeitura de São Paulo (onde a mesma prometeu internet
Wi-Fi em toda a cidade paulistana, ‘gratuíta’) poderiam juntar-se a esta notícia e cutucar o poder
federal, para algo similar aqui né?

Mas sem o “porém” do que se diz na constituição sobre o transporte público, que é um dever do
estado e direito do cidadão…. desde que ele possa pagar por este.

16/10|| Criador da WWW pede desculpas por barras // nos
endereços

O homem que inventou a World Wide Web (a WWW, que é a base da internet)
pediu desculpas por ter colocado duas barras na frente dos endereços eletrônicos.


O cientista britânico Tim Berners-Lee, que criou a WWW há quase 30 anos, disse
que o uso dos caracteres "//" após o "http:" é desnecessário.

Segundo o jornal britânico “The Times”, Berners-Lee disse em uma palestra em

Washington que poderia ter criado os endereços sem as duas barras.


"Parecia uma boa ideia (usar o WWW) na época", disse.

O cientista disse que, quando criou a world wide web, ele não imaginava que as
barras causariam tanta irritação entre os usuários.

No entanto, ele brincou que ninguém calculou ainda a quantidade de terapeutas que
conseguiram emprego para tratar pessoas com lesões de esforço repetitivo, de
tanto usar a tecla w nos teclados de computador.

Na entrevista ao “The Times”, ele admite inclusive que o uso das barras é nocivo ao
meio ambiente, já que desperdiça energia, papel e tinta.

Tim é diretor do World Wide Web Consortium, que trabalha com o governo britânico
para aumentar o acesso das informações governamentais ao público.


___________________________________________________________